7 de jan de 2014

João Paulo Cunha, o desarmamentista presidiário.

É notável a afinidade que os desarmamentistas têm com o crime! Todos, isso mesmo, todos os mensaleiros condenados pelo STF pelos crimes do “Mensalão” são ferrenhos defensores e promotores do demoníaco “Estatuto do Desarmamento”, aprovado no apagar das luzes de 2003 pelo Congresso Nacional. O que pouca gente sabe é que, para levar adiante esta lei iníqua e inconstitucional, os canalhas do PSDB/PT (e demais esquerdopatas) promoveram toda sorte de mutretas e manobras desonestas. Uma das estrelas principais do circo stalinista foi o agora criminosos e presidiário João Paulo Cunha, que deverá ser conduzido muito em breve ao xadrez da Papuda. Desligar microfones durante o pronunciamento de parlamentares contrários ao estatuto, ordenar que a TV Câmara não reproduzisse suas imagens e falas nas sessões, chicanas regimentais e pirracinhas de moleque, foram algumas das travessuras desse tiranete corrupto. Sem contar do dinheiro do suborno repassado aos parlamentares vagabundos comprados pelo “Mensalão”, em plena vigência à época.


                                   Genoíno e Cunha, desarmamentistas e agora colegas de presídio.


Só isso já deveria ser suficiente para imediata anulação desta lei pervertida! Mas, como não existe oposição no Brasil, ela continua aí, firme e forte, fortalecendo uma ditadura e matando 50.000 pessoas por ano. Em 2005, ao ser perguntado sobre qual seria o resultado do Referendo, o agora criminoso presidiário respondeu ao Correio Braziliense: “Eu aposto que vai dar proibição (Risos). Os bandidos [a turma dele!], lógico, continuarão com as suas armas. Mas com a proibição, vamos perceber que o número de armas vai ser reduzido drasticamente”. Esse indivíduo é ou não é um pilantra? Ele riu de você, cidadão, de sua família, de sua esposa, de seus filhos! Riu dos 50.000 mortos todos os anos no Brasil, das mulheres estupradas, das crianças arrastadas por carros, dos vítimas de seqüestros, assaltos, latrocínios e atentados. Riu porque é um pervertido, cúmplice moral do genocídio comunista e um dos artífices da guerra-civil brasileira desde que a escória esquerdista do PSDB/PT comanda o país. 


                                                          Ele riu de você, cidadão de bem!


 A turma do presidiário João Paulo Cunha perdeu o Referendo de 2005 mas nem por isso a quadrilha deixou a chicana de lado. Usando seus títeres no Congresso (até gente do DEM, como o ridículo deputado Cláudio Cajado/BA), o PT continua a promover toda sorte de abusos e molecagens para impedir que o cidadão compre e porte uma arma de fogo. Milhares e milhares de brasileiros foram jogados na ilegalidade pelo estatuto, que estabeleceu um prazo para renovação de registro de armas (outra invenção nazista), sem prorrogação, e exames, certidões e demais exigências, sem levar em conta as dimensões do país e as diversas situações não contempladas pela lei. A cada ano inventam uma taxa, uma exigência diferente e um novo embaraço, sem falar nos impostos que incidem sobre armas de fogo, munição, insumos e acessórios. Entra ano e sai ano e o Exército Brasileiro mantém o vergonhoso R-105, regulamento cuja origem é o berreiro totalitário de um ditador populista, e os D-Logs ridículos, cheios de proibições sem sentido, feitas para obrigar o povo a ser submisso e inferior às forças armadas. A coisa chegou a tal ponto que até uma arminha de “airsoft” é regulada e fiscalizada pelo Exército, cujos comandantes não devem ter coisas mais importantes para fazer, claro! A humilhação a que se submete cidadão de bem (petralhas relativizam isso também) para que o estado o "autorize" a possuir e portar armas, comprar munição e insumos, é tamanha que se o sujeito não se incomoda é porque é um petralha criminoso ou já foi emasculado há muito tempo. 


                                   O presídio é o perfeito paraíso comunista! Aproveite a estadia, Cunha!


É assim que esquerdistas e criminosos como João Paulo Cunha tratam da segurança da SUA família, amigo leitor! É assim que eles vão se armando até os dentes e proibindo você de possuir e portar a sua arma. É assim que os tiranos vão construindo o desequilíbrio de forças entre o estado e o cidadão (forças armadas com fuzil 5.56 e cidadão com revólver 38). É para nos escravizar que querem registro e microchip em armas de fogo, pois a história nos ensina que ao registro segue o confisco. Leis iníquas aprovadas por João Paulo Cunha e todos os adeptos desta política SUJA e ditatorial, devem ser DESOBEDECIDAS a todo custo, até que sejam abolidas completamente. 


                                                Isto acontece quando o povo está desarmado.

                                                  Isto acontece quando o povo está armado.


Aprenda a atirar, compre sua arma, treine sempre, defenda a sua LIBERDADE!

NUNCA entregue a sua arma!

Mais informações nos links abaixo:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este não é um espaço público ou "democrático". É sim um lugar onde publico minhas idéias e opiniões sobre diversos assuntos: conservadorismo, política, história, armas de fogo, cães, religião e o que me der na "telha". Se você discorda, seu direito. O meu é não publicar se considerar seu comentário intelectualmente inferior ou desonesto, embora possa eventualmente fazê-lo para fins didáticos. Boa sorte e seja bem vindo!